terça-feira, 24 de novembro de 2009

NOVA DIT: MERCOSUL/CONESUL PAÍSES EXPORTADORES DE COMMODITIES

A NOVA DIT: MERCOSUL/CONESUL PAÍSES EXPORTADORES DE COMMODITIES


A nova divisão internacional do trabalho pouco se alterou em relação ao que ocorria entra a colônia e a metrópole da época colonial, a saber: os países anteriormente colônias continuaram com a dependência financeira e cultural em relação à matriarca e hoje em dia a dependência é em relação aos órgãos internacionais de crédito e à países centrais da economia capitalista globalizada.

• Exportação de matérias primas, produtos da agricultura e pecuária;

• Setor rural pouco desenvolvido e tecnologia pouco desenvolvida;

• Problemas sócio-econômicos estruturais;

• Brasil e Argentina considerados como NICs (News Industrial Country) países recentemente industrializados. Possuem parque industrial diversificado e mercado consumidor, porém indústrias anteriores a década de 1960 são atrasadas e poluentes, o que está em desacordo com os novos parâmetros de desenvolvimento sustentável;

• Divisão internacional do trabalho praticamente inalterada exportação de commodities e importação de produtos com alto nível tecnológico;

• Brasil e Argentina se encontram nas duas vertentes da divisão internacional do trabalho, o que foge da realidade do Conesul de exportador de matéria prima, apesar da Revolução Industrial ter modificado significantemente a relação metrópole colônia muitos dos países anteriormente colonizados continuam com as mesmas idiossincrasias da época colonial, sobrevivendo de plantation e dessa vez com mão-de-obra semi-escrava. Apesar da independência política esses países continuam com a dependência econômica e cultural e acumularam vultuosa dívida externa.

Nenhum comentário:

MSN

Indicador de Status

ESTATÍSTICA